PortalNovidadesFoco na Hemostasia > Stago marca presença no 52º CBPC 2018 trazendo ao publico inovação e conhecimento em Hemostasia e Coagulação

Stago marca presença no 52º CBPC 2018 trazendo ao publico inovação e conhecimento em Hemostasia e Coagulação

<- Voltar para: Foco na Hemostasia

A empresa Stago, líder no segmento de hemostasia e coagulação, esteve presente no Congresso Brasileiro de Patologia Clínica 2018 que ocorreu entre os dias 25 e 28 de setembro, no Centro de Convenções de Florianópolis.

Durante os três dias de exibição a Stago Brazil recebeu mais de 450 participantes entre médicos, bioquímicos, biomédicos e biólogos, de todo o país, em seu estande.
O congresso foi marcado com o lançamento da plataforma STA Compact Max3 que alia a confiabilidade de sua tecnologia panteada (VBDS), alta performance dos ensaios de coagulação, a inovação de algoritmos, além da ferramenta EPC Module que permite ao laboratório verificar interferentes pré-analíticos nas amostras, como a presença de hemólise, icterícia e lipemia.

Durante o evento, a Stago também proporcionou ao público uma grade científica de alto nível, com o simpósio “Anticoagulante Lúpico/ Anticorpos antifosfolípedes: O papel do laboratório no diagnóstico diferencial da Síndrome Antifosfolípede” que contou com a presença de experts na área de coagulação. Dentre os palestrantes, Dr Daniel Dias Riberio, Doutor em Epidemiologia Clínica pela Leiden University Medial Center (Holanda) abordou sobre o que é Síndrome Antifosfolípede e quais as recomendações internacionais para o diagnóstico laboratorial. Em seguida, Dra. Tania Rubia Flores da Rocha, chefe de laboratório de Hemostasia do Serviço de Hematologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, explicou sobre o Os fatores que interferem nos resultados e as boas práticas laboratoriais para pesquisa do anticoagulante lúpico, de uma maneira clara todas as etapas que envolvem para um diagnóstico correto. Por último, Dr. João Carlos Guerra. Coordenador Médico do Setor de Hematologia e Coagulação – Departamento de Patologia Clínica – MDA - HIAE. Membro da Diretoria Executiva do Centro de Hematologia de São Paulo e Diretor Científico do Grupo CLAHT apresentou casos clínicos, abordando a prática diagnóstica da síndrome. Ficou claro a importância do laboratório em seguir as recomendações de padronização da pesquisa do anticoagulante lúpico. Mais de 90 congressistas estiveram presentes durante a aula.

                      

Além disto, a Stago também promoveu minicursos em seu estande com uma média de público de 15 a 20 participantes por aula. Os temas que combinaram o conhecimento cientifico e sua aplicação na rotina do laboratório. 

                    

Com o compromisso de gerar conhecimento, a Stago acredita na importância do aprimoramento e atualização dos profissionais não somente durante eventos, mas sim de maneira contínua por meio de um programa de educação continuada dedicado ao público que atua com hemostasia e coagulação, oferecendo diversos módulos de cursos e treinamentos no Centro de Treinamentos localizado na cidade de São Paulo. Congresso Brasileiro de Patologia Clínica foi mais uma vez um sucesso. Esperamos você no 53ºCBPC.

Topo